cadastrar

descadastrar

 

espanhol

inglês
CIRURGIA PARA AUMENTO DA CIRCUNFERÊNCIA DO PÊNIS

Segundo a Academia Americana de Cirurgiões Plásticos de Pênis, até 1998, mais de 20.000 cirurgias de aumento de pênis foram realizadas no mundo. Destas, 50 a 60% foram cirurgias para aumentar a grossura do pênis, através da técnica cirúrgica chamada Lipoescultura, que é a retirada de gordura de uma parte do corpo, para ser colocada no pênis.

Nestas técnicas de lipoescultura, a gordura é retirada por lipoaspiração do abdômen do paciente, ou um retalho de gordura retirado das nádegas, que na nossa opinião ainda é a melhor técnica destas mencionadas.

Outros materiais têm sido utilizados com a mesma finalidade. Os enxertos de colágeno, extraídos de pele doada de cadáveres, dos quais se retiram todos os elementos celulares, deixando apenas o colágeno, e estas folhas envolvem o pênis da base até a ponta, permitindo o aumento em grossura.

Utilizam-se, também, enxertos orgânicos de veia safena ou de uma substância sintética chamada PTFE, interposta em uma secção realizada no corpo cavernoso, da base até a ponta, que dá um ganho real da circunferência do pênis.

Esta característica permite um ganho também no comprimento que deixa o pênis, em flacidez, com um aspecto de pênis maior, já que impede que no estado de repouso ele se contraia contra o corpo. Permite, ainda, um tamanho próximo ao que o pênis tem em ereção, mesmo em estado de flacidez, acabando, dessa forma, com a famosa síndrome do vestiário, daqueles homens que se incomodam com o tamanho do pênis, especificamente quando em repouso.

A vantagem dessa técnica sobre as outras, é o fato de ser realizada com anestesia local em regime ambulatorial, sem necessidade de internação do paciente, permitindo que ele retorne às suas atividades rotineiras imediatamente após o procedimento realizado.

A volta à atividade sexual, nesse tipo de cirurgia, é recomendada entre 40 e 60 dias após a realização da mesma.

Indiscutivelmente, que além do aspecto estético do pênis pelo aumento em flacidez e ereção, o grande beneficiário desse tipo de cirurgia, pela distensão provocada durante a penetração, o que permite aumento do prazer sexual, é a (o) parceira (o).

DR. ALFREDO ROMERO - CRM 47216

Diretor do IBRASEXO

VEJA TAMBÉM SOBRE:
 
  • Artigo 1 - SAÚDE SEXUAL NA CRIANÇA E NO ADOLESCENTE TAMANHO DO PÊNIS

  • Artigo 2 - FUMO E DISFUNÇÕES SEXUAIS
     
  • Artigo 3 - SAÚDE SEXUAL OBESIDADE E DISFUNÇÕES SEXUAIS
     
  • Artigo 4 - SAÚDE SEXUAL E EJACULAÇÃO PRECOCE
     
  • Artigo 5 - SAÚDE SEXUAL - DIMENSÕES PENIANAS
     
  • Artigo 6 - DIABETES E IMPOTÊNCIA SEXUAL
     
  • Artigo 7 - AUMENTO PENIANO

  • Artigo 8 - EJACULAÇÃO PRECOCE
     
  • Artigo 9 - MASTURBAÇÃO
     

  • Artigo 10 - PRÓTESES PENIANAS
     
  • Artigo 11 - FALTA DE ORGASMO OU ANORGASMIA

  • Artigo 12 - VARICOCELE (VARIZES NO ESCROTO)
     
  • Artigo 13 - EJACULAÇÃO E SEXO ORAL 
     
  • Artigo 14 - AUMENTO DA GROSSURA DO PÊNIS
     
  • Artigo 15 - SELEÇÃO BRASILEIRA DE FUTEBOL E SEXUALIDADE